HM Música

Artistas

Nancy Vieira

 

Nancy Vieira elege a mais tradicional sonoridade da música de Cabo Verde como base do seu caminho musical e reúne em No Amá todos os fatores capazes de delinear com sucesso o percurso desse caminho. Da melancolia e saudade da morna à alegria da coladeira que caracterizam o povo cabo-verdiano, a voz doce e melodiosa de Nancy surge sob os límpidos arranjos do produtor Nando Andrade em perfeita simbiose, como que em homenagem à forma de tocar natural e típica das serenatas e tocatinas de outros tempos.

Em “Cigana de Curpin Ligante”, o inédito em tom de picardia, da autoria de Manuel de Novas, a coladeira aparece na sua forma mais genuína, à moda dos velhos trovadores e tocadores de violão.

No Amá comunga o feliz encontro de composições de autores clássicos, como B.Léza, Eugénio TavareseAmândio Cabral,com os já consagrados Teófilo Chantre e Mário Lúcio e jovens autores como Rolando Semedo, Tó Alves ou Tutin d’Giralda.

Neste disco, pleno da identidade própria que a cantora, desde sempre, ofereceu aos seus apreciadores, Nancy Vieira mostra o lado mais tradicional da música cabo-verdiana. Mergulha nas raízes da morna, cruzando os sons do arquipélago, com as influências que diretamente lhes estão ligadas. São as evidências históricas de um território que nasceu do fundo do mar, num ponto estratégico, com uma imensa fronteira atlântica.

Mantendo o rigor da música cabo-verdiana, Nancy Vieira transporta-nos aos salões da Viena de Strauss, onde a valsa se popularizou no século XIX, com a interpretação de No Amá, o tema da autoria de Teófilo Chantre, que dá nome ao disco.

No Amá é um retrato fiel da tradição de Cabo Verde.