HM Música

Artistas

Teresinha Landeiro

Teresinha Landeiro apesar da tenra idade é uma força da natureza. Uma voz poderosa, afinada e limpa que emociona quem ouve. 

Rui Lavrador (Infocul.pt)

Uma das grandes novas vozes a emergir no panorama do Fado, Teresinha Landeiro é já um dos nomes mais aclamados pela crítica e público, prontamente indicada como a próxima grande voz do Fado.


Natural de Azeitão, desde muito cedo mostrou um interesse especial por cantar. Aos 2 anos sobe ao palco e canta afinadíssima a canção do “Pinheirinho”, na primeira festa de Natal em que participou.

O gosto pelo Fado surge mais tarde, aos 11 anos, quando recebe de presente o primeiro CD do género. Canta fado pela primeira vez, em público, acompanhada por músicos na noite do seu 12º aniversário, na Casa de Linhares. Esta data marca igualmente o momento em que conhece a fadista Raquel Tavares, que hoje é a sua madrinha de fado, e grande referência.

Em 2008, participa na Grande Noite do Fado, conseguindo o 1º lugar nos Concursos de Fado Amador de Odivelas e da ACOF e o 2º lugar no concurso da Gebalis “Fado dos Bairros”. Simultaneamente, tem participado nalguns eventos de fado e espetáculos de solidariedade. Em Setembro de 2011, a convite do Presidente da Câmara de Comércio Luso Brasileira, canta no jantar comemorativo dos 100 anos, desta instituição no Rio de Janeiro.

Em 2012, integra o Projeto Saudade no Futuro, com outros 9 jovens e grava um CD de fado coletivo. O primeiro concerto de Teresinha acontece na sala de espetáculos do Ritz Clube, para o qual convida a fadista Teresa Câmara, e participa no espetáculo Gerações do Fado, organizado por Ângelo Freire, no qual partilha o palco do Tivoli com a fadista Joana Amendoeira.

Mais recentemente, representa a mais nova geração de fadistas na Gala de Fado que a Rádio Amália realiza no Auditório Luísa Todi, em Setúbal. Na Mesa de Frades, em Alfama, é onde tem feito a sua aprendizagem e delineado o seu desempenho, fazendo parte do elenco fixo desta Casa de Fados, desde Julho de 2012.

2016 foi um grande ano de afirmação para Teresinha Landeiro, onde foi convidada pela Presidência da República para, em conjunto com Rão Kyao, participar nas “Comemorações do 10 de Junho” na Guarda.

Foi também convidada para integrar as Festas de Lisboa, sendo a voz do projeto “Lá Vai Lisboa”, cuja direção artística é de Luís varatojo (Naifa).

Em Julho de 2016, Teresinha Landeiro apresenta-se ao vivo no festival NOS Alive 2016, e em Setembro de 2016 apresentou-se no Festival Caixa Alfama.

Já em Novembro desse mesmo ano, Teresinha foi convidada para se apresentar no Ciclo “Há Fado no Cais”, iniciativa do Museu do Fado e do CCB, bem como no ciclo de Novos Talentos da Casa da Musica.

Uma das mais promissoras vozes da nova geração, Teresinha Landeiro prepara-se para editar o seu primeiro álbum, sob o selo da editora Sony Music Entertainment Portugal, cujo lançamento está previsto para o ano de 2017.